Telecentro – A Lan House de graça para todos

telecentro

Você já imaginou uma espécie de “lan house” de graça onde você tem acesso à internet em microcomputadores (ou em outros aparelhos tecnológicos) e pode usá-los para aprender coisas novas, fazer pesquisas e interagir com seus amigos através do mundo virtual? Foi por isso que a Prefeitura de São Paulo fundou o Telecentro, para ajudar as pessoas mais carentes a ter acesso à internet e investir na inclusão digital de modo simples, rápido e fácil.

            A cidade de São Paulo já possui 132 Telecentros onde realizam mais ou menos uns 164 mil atendimentos por mês a toda sua população. Além dos computadores, os Telecentros possuem agentes que ajudam e até ensinam os usuários na navegação pela internet. Lá você pode usar individualmente o computador ou em grupo, se preferir.

            Nos Telecentros, há cursos de capacitação, palestras, aula de programação, de empreendedorismo e até oficinas sobre as ferramentas digitais existentes atualmente. Você também pode ter o “coworking”, um tipo de um local de oferta de trabalho dividido.

            Mas, atenção: cada Telecentro é único, ou seja, nenhuma unidade apresenta todas as coisas citadas anteriormente num lugar só. Dependendo da região, há Telecentros de todos os tipos, mas todos com bom atendimento e funcionários preparadíssimos para te ajudar. Fora que todos os Telecentros são especialistas em atender pessoas de qualquer idade, portadora de deficiência, moradores de rua e até imigrantes.

            Pelo Telecentro, você pode encontrar a “FAB LAB Livre SP”, o “Wi-Fi Livre SP” e as Digilabs:

  • A  “FAB LAB Livre SP” são laboratórios de produção digital onde incentiva seus usuários a inovação, criatividade e aprendizado para que possam construir projetos. Estes laboratórios possuem softwares para desenhos CAD, impressora 3D, apetrechos de eletrônica, material para mecânica e marcenaria e até cortadoras a laser;
  • O “Wi-Fi Livre SP” é o Wi-Fi gratuito da cidade de São Paulo que está presente, atualmente, em mais de 120 pontos espalhados pela cidade. Nos Telecentros, você pode encontrar mais esta facilidade para acessar a internet de graça e desfrutar de toda a gama de vantagens que o mundo virtual traz;
  • As “Digilabs” são as novas versões dos antigos Telecentros, com novos ferramentas, salas multiuso e uma mobília moderníssima, as Digilabs é um projeto “teste” da Prefeitura de São Paulo distribuídos em locais bem pensados pela cidade visando unir e dar um novo significado ao uso dos Telecentros.

            Para ter acesso ao Telecentro, basta comparecer a uma unidade e aproveitar de todas os benefícios do projeto da Prefeitura de São Paulo. Você pode encontrar o Telecentro no centro de São Paulo, como no Centro de Referência da Cidadania do Idoso que fica localizado no Viaduto do Chá/Anhangabaú; Na zona leste, como no Telecentro Artur Alvim, que fica localizado no bairro da Penha; Na zona sul como na Biblioteca Castro Alves, localizada no bairro de Ipiranga; Na zona norte, como na Biblioteca Padre José de Anchieta, localizada no bairro de Perus; E na zona oeste, como no Telecentro CEU UAB Butantã, localizado no próprio bairro do Butantã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.